domingo, 25 de outubro de 2015

O mal da raiz

Sou pobre, sou louco
Sou meio caboclo
Um alucinado
Num mundo desvairado
Amo a vida
Pois nela vivo
Sonho com você
Naquele seu beijo
No seu sorriso
Sou alegre, sou triste
Verdadeiro e mentiroso
Minto pra mim mesmo
Minto que não tenho tristeza
Que no mundo só há beleza
Mas no fundo sou realista
Pois tenho ser feliz
Acreditar no país
Pois o mal vem da raiz
Vamos jogá-la fora
E curtir a vida sem demora.

sábado, 3 de outubro de 2015

Poema


Na imagem do seu rosto sorridente
Que me encanta, tu és um presente
Linda, serena e carinhosa
Provocante e sempre vaidosa

A sua presença invade o meu ser
Alucina e me faz cada vez mais te querer
Na loucura me sinto um adolescente
Como se fosse o primeiro amor inocente

Bela e formosa na sua plenitude
Suas idéias demonstram atitude
Revelam a pureza de seus pensamentos
E a ternura de cada momento

Menina de olhar felino
Jeito sensual e feminino
Que apaixona e seduz
Com todo o seu brilho e luz

É bom demais te admirar
Encontrar o caminho pra te conquistar
Sonhar em ser feliz ao seu lado
E viver um amor exagerado!