quarta-feira, 15 de abril de 2015

Lembranças















Lembranças da minha infância
Lembranças de um passado distante
Lembranças de quando éramos criança
Que a vida de passava num instante

A lembrança fica no inconsciente
Em cada gesto, cada olhar
Ficamos gravados na mente
E mais tarde nos fazem chorar

Lembranças nos trazem saudades
De pessoas que nunca mais vemos
De tempos em tínhamos menos idade
E que nunca mais esquecemos

A vida nos trás lembranças
Nos mostra a realidade
Mas também nos trás esperanças
De uma vida cheia de felicidades

Lembranças são para nunca serem esquecidas
Pois nos fazem imaginar
Que nem tudo na vida são espinhos
Mas que ela pode ser bela se acreditarmos nisso

Vamos lembrar do que é bom
Vamos ouvir aquele som
Vamos comer uma caixa de bombom
Vamos viver e curtir a vida
Pois afinal a vida é uma só

5 comentários:

  1. É isso aí Alécio, vamos curtir a vida porque ela é muito curta.
    Obrigado pela visita ao meu blog.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Adorei a postagem, espero que publique outros e outros textos, em prosa ou em verso.
    Super abraço!

    ResponderExcluir
  3. Ola, Alécio!

    A vida é feita de lembranças, sem dúvida. Contudo, nós gostaríamos, que o relicário da nossa mente guardasse, APENAS, as que nos fizeram felizes, mas sabemos, infelizmente, que não é assim.
    Seu poema está bem real e muito aprazível aos sentidos. Parabéns!

    Dias mega felizes.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir