sábado, 26 de dezembro de 2015

Acontecimentos

Histórias que mais tarde viram memórias
Acontecimentos que se vão com o tempo
Aquele beijo que desperta o desejo
A paz que eu tanto corro atrás

Esperança de viver eternas mudanças
O sonho de ver seu lindo rosto risonho
Felicidade mesmo na dificuldade
Acreditar no futuro ao despertar

Sentimentos são como o vento
Sem hora pra chegar ou ir embora
Eu quero rimar pra não chorar
A tristeza não tem nenhuma beleza

Melancolia é o começo da agonia
Do coração que já não aguenta tanta decepção
Somos humanos e por isso erramos
Sofrer também nos faz crescer

Vejo a Lua e te imagino nua
A sua imagem me parece uma miragem
Só preciso desse teu sorriso
Para acreditar que estou no paraíso.

domingo, 6 de dezembro de 2015

Questão de sorte

Um coração partido
É como um sonho perdido
Desilusão e dor
Não combinam com alegria e amor

A felicidade parece distante
Quando estamos diante
De conquistar algo inacessível
Difícil ou até impossível

A solidão dói no fundo da alma
E o coração não se acalma
Os dias parecem intermináveis
E a cada dia mais tristes

Na tristeza eu espero o amanhã
Ver um céu se abrindo de manhã
Querendo esquecer o passado
Tentando mudar o que está errado

Quando a felicidade está perto
Tudo parece não dar certo
Mesmo tentando ser forte
Ser feliz parece ser uma questão de sorte

Sonhar é sempre bom
Apaixonado ou não
A felicidade é o sentido da vida
E a vida é feita de esperança.

domingo, 22 de novembro de 2015

Castelos de areia

Na tristeza de uma tarde cinzenta e chuvosa
Penso o quanto a minha vida é nebulosa
Amores que vem, amores que vão
E no final a solidão

A cada dia me decepciono mais com as pessoas
Enquanto observo cair àquela fina garoa
Como era bom ser criança
E imaginar um futuro cheio de esperança

Sonhos se desfazem como castelos de areia
E aprisionam nossos sentimentos numa cadeia
Esse é o meu sofrido coração
Que espera paciente pela sua paixão

domingo, 8 de novembro de 2015

Pessoas

Pessoas se trombam na ruas
Apressadas por qualquer motivo
Algumas com olhares tristes
Outras com alegria estampada

Pessoas de várias idades
Cada qual com a sua vaidade
Jovens, velhos, negros, brancos
Se cruzam em todos os cantos

Pessoas más, pessoas boas
Convivendo umas com as outras
Espalhando amor e ódio
Alegria e repúdio

Pessoas acabando de nascer
E tantas coisas para se aprender
Outras nos deixando saudades
Por terem nos dado tantas felicidades

Pessoas bonitas e feias
Pessoas que se tornam feias
Por serem amargas e rancorosas
E bonitas quando sabem amar

Pessoas são desprezíveis
Quando pensam apenas em si próprias
E são inesquecíveis
Quando fazem algo para outras pessoas.

domingo, 25 de outubro de 2015

O mal da raiz

Sou pobre, sou louco
Sou meio caboclo
Um alucinado
Num mundo desvairado
Amo a vida
Pois nela vivo
Sonho com você
Naquele seu beijo
No seu sorriso
Sou alegre, sou triste
Verdadeiro e mentiroso
Minto pra mim mesmo
Minto que não tenho tristeza
Que no mundo só há beleza
Mas no fundo sou realista
Pois tenho ser feliz
Acreditar no país
Pois o mal vem da raiz
Vamos jogá-la fora
E curtir a vida sem demora.

sábado, 3 de outubro de 2015

Poema


Na imagem do seu rosto sorridente
Que me encanta, tu és um presente
Linda, serena e carinhosa
Provocante e sempre vaidosa

A sua presença invade o meu ser
Alucina e me faz cada vez mais te querer
Na loucura me sinto um adolescente
Como se fosse o primeiro amor inocente

Bela e formosa na sua plenitude
Suas idéias demonstram atitude
Revelam a pureza de seus pensamentos
E a ternura de cada momento

Menina de olhar felino
Jeito sensual e feminino
Que apaixona e seduz
Com todo o seu brilho e luz

É bom demais te admirar
Encontrar o caminho pra te conquistar
Sonhar em ser feliz ao seu lado
E viver um amor exagerado!

domingo, 6 de setembro de 2015

Apaixonado por um anjo

Apaixonado por um anjo
É assim que me sinto quando te vejo
E tenho um enorme desejo
De estar ao seu lado

As noites parecem brilhar com o teu sorriso
A sua alegria é tudo o que eu preciso
Sonhar é possível
Te querer é irresistível

O tempo pára quando estou com você
Não sei explicar esse sentimento
Só quero viver esse momento
E deixar pra trás todo o sofrimento

Minha vida se confunde com a sua
Te vejo tão bela como a Lua
E cada vez mais te quero
Ter a sua companhia é o que espero

Não há nada nesse mundo
Que seja mais profundo
Ou mais intenso que a paixão
Ela é que move o nosso coração

Quero viver esse romance
E se possível ter a chance
De amar incondicionalmente
Isso é o que me faz contente.

domingo, 16 de agosto de 2015

Eterna magia

Às vezes fico pensativo durante todo o dia
A sua lembrança me invade e contagia
Pareço estar vivendo uma eterna magia
E agradeço aos céus por tamanha alegria

Tudo o que preciso é da sua paz
Estar com você e nada mais
Minha vida se mistura com a sua
Assim como as estrelas em volta da Lua

Esse amor que cresce a cada instante
Faz a minha vida ser mais interessante
Nada mais me prende ao passado
Pois minha felicidade é ter você ao meu lado.

domingo, 2 de agosto de 2015

A borboleta

A borboleta que voa em direção à flor
Num bailar a caminho do seu destino
Faz lembrar as saudades do meu amor
E do nosso reencontro sem desatino

A borboleta em busca do néctar
Vai atrás do seu objetivo com decisão
Não há desejo que não se possa realizar
Quando fazemos algo com determinação

A borboleta que vagueia pelo jardim
Procura satisfazer o seu prazer
Pra ela não existe começo, meio ou fim
Como o amor que no meu peito você fez nascer

A borboleta é tão linda e graciosa
Com as suas cores e toda a sua beleza
Assim como essa paixão estrondosa
Que me faz te amar com tanta certeza.

domingo, 19 de julho de 2015

Perdido





















Perdido no meio de tantos sentimentos controversos
Não entendo porque as vezes fazemos o inverso
Me decepciono com certas atitudes
E fico sem compreender as minhas inquietudes

Se hoje eu vivo esse desencanto
Foi porque a tristeza fez nascer o meu pranto
As lágrimas que derramo agora
São lembranças que guardo de outrora

Hoje vivo nesta eterna ansiedade
Misturando mentiras com a realidade
No meu pensamento você é a solução
E as saudades que trago no coração.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Cazuza - O poeta está vivo



Já faz um bom tempo que venho querendo escrever sobre este grande poeta da nossa música brasileira e acredito que este seja o momento correto. No último dia 07 de julho completaram 25 anos da perda de um ídolo de toda uma geração e ícone da juventude dos anos 80.

Cazuza era um exagerado como diz a canção de um dos seus maiores hits, vivia cada minuto com intensidade, não tinha papas na língua, era desbocado, irreverente, genial e polêmico também. Suas letras eram pura poesia, a sua mensagem era direta e sem meias palavras, contundente, mas um romântico incorrigível, afinal para ele o nosso amor à gente inventa.

Líder da banda Barão Vermelho ao lado de Frejat, seu grande amigo e parceiro nas composições do grupo, ele tinha luz própria e por esta razão queria fazer coisas diferentes que não combinavam com uma banda de rock. Com certeza este foi um dos motivos da saída de Cazuza da banda, mas a sua rebeldia permaneceu nos álbuns solos e as canções eternizadas em sua voz jamais cairão no esquecimento.

Cazuza era um poeta rebelde, falava sobre tudo em suas músicas, tinha uma visão crítica do país e das mazelas sofridas pelo povo brasileiro. As músicas “Brasil” e “Burguesia” refletem bem esse Brasil que Cazuza enxergava. Outras canções como “Codinome Beija-Flor” e “Solidão Que Nada”, são pérolas da nossa MPB, interpretadas por grandes artistas do nosso país.

Vale lembrar que hoje em dia estamos muito carentes de ídolos como Cazuza, Renato Russo, Chico Science, entre tantos outros. Atualmente qualquer músico de qualquer estilo musical que faça relativo sucesso na mídia já é considerado um ídolo no Brasil. Respeito todas as opiniões, mas um ídolo de verdade pra mim não surge da noite para o dia, tem que ter uma trajetória, uma carreira de sucesso, as suas músicas precisam ter conteúdo, reflexão e não apenas um refrão grudento e vazio como é feito hoje na música brasileira.

Cazuza era ídolo porque as suas músicas tocavam no coração e na mente das pessoas, são raros artistas que escancaram toda a sua vida nas letras como Cazuza fazia. Nem a sua mãe escapou das suas letras afiadas como na canção “Só As Mães São Felizes”. Não tenho dúvida que ele foi e sempre será lembrado como um dos mais talentosos músicos e letristas do nosso país com toda a sua genialidade e espontaneidade. O poeta está vivo. Viva Cazuza!

sábado, 20 de junho de 2015

Seu ninho

















Não quero apenas amar, quero me entregar a você
Não quero apenas viver, quero sentir o eterno prazer
Não quero apenas dormir, quero ao seu beijo sucumbir
Não quero apenas sonhar, quero alegria de te abraçar

Sem você nada importa, nada faz sentido
Fico perambulando pela casa, perdido
Olhando pra Lua e procurando uma resposta
Quando amamos queremos estar perto de quem à gente gosta

Não quero mais essa distância entre nós
Quero uma taça de vinho e ficar com você a sós
Não quero mais viver sem o seu carinho
Que no meu coração já fez o seu ninho!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Desapego
















Hoje senti falta da sua presença
Dos nossos planos para o futuro
É triste conviver com a sua ausência
Às vezes me sinto inseguro

Amar é viver em desapego
Deixando tudo para trás
Eu preciso desse teu aconchego
Não quero te perder nunca mais

Mesmo de longe você me faz tão bem
Sem o seu amor eu não iria suportar
Nunca gostei tanto assim de alguém
Quero ser feliz quando te reencontrar.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Lembranças















Lembranças da minha infância
Lembranças de um passado distante
Lembranças de quando éramos criança
Que a vida de passava num instante

A lembrança fica no inconsciente
Em cada gesto, cada olhar
Ficamos gravados na mente
E mais tarde nos fazem chorar

Lembranças nos trazem saudades
De pessoas que nunca mais vemos
De tempos em tínhamos menos idade
E que nunca mais esquecemos

A vida nos trás lembranças
Nos mostra a realidade
Mas também nos trás esperanças
De uma vida cheia de felicidades

Lembranças são para nunca serem esquecidas
Pois nos fazem imaginar
Que nem tudo na vida são espinhos
Mas que ela pode ser bela se acreditarmos nisso

Vamos lembrar do que é bom
Vamos ouvir aquele som
Vamos comer uma caixa de bombom
Vamos viver e curtir a vida
Pois afinal a vida é uma só

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Milionário por uma noite













Essa noite eu tive um sonho extraordinário
Sonhei que fiquei milionário
Acertei todos os números da Mega
E já marquei viagem de férias pra Las Vegas

Pedi as contas do meu emprego miserável
Confesso que foi um momento muito agradável
Não preciso mais fazer contas no fim do mês
Acabaram-se as minhas pilhas de carnês

Agora que sou rico eu posso curtir a vida
Conhecer muitos países e apreciar boa comida
Ter carros caros, mansões e mulheres bonitas
Chega de perrengue e de levar marmita

Quando acordo pela manhã percebo que nada mudou
Eu continuo sendo o mesmo pobre e sofredor
Porém a minha maior riqueza o sonho não levou
Que é a de ser honesto e sempre batalhador!

sexta-feira, 10 de abril de 2015

VIVEMOS UM APARTHEID SOCIAL



Olá meus amigos, vamos tirar a poeira desse blog e colocar em discussão um assunto bastante em moda atualmente no Brasil, a nossa política. Ano passado tivemos eleições para eleger os nossos governadores e também o presidente da nação pelos próximos quatro anos.

Pois bem, a presidenta Dilma foi reeleita com uma pequena vantagem sobre o seu adversário Aécio Neves, houve praticamente um empate técnico e muito se discutiu que o país estava dividido. Houve pessoas alopradas que no desespero de ver o seu candidato ter perdido as eleições propuseram a separação do país, como se a responsabilidade ou “culpa” pela reeleição da presidenta Dilma tivesse sido provocada por algumas regiões do Brasil como Norte e Nordeste. É realmente lamentável que no Brasil determinadas regiões como Sul e Sudeste se considerem melhores, mais produtivas, melhor preparadas, informadas ou educadas do que outras regiões do país, isso se chama preconceito e muita arrogância também. Por alguns dias nas redes sociais vimos todo tipo de intolerância contra nordestinos num verdadeiro “apartheid” social, onde os separatistas do Sul insultavam e humilhavam os nossos irmãos do Norte e Nordeste, fato desprezível e degradante.

Nesse mesmo período pré e pós-eleições o que vimos em redes sociais, em comentários de bar e nas empresas, em nossas famílias e etc, foram pessoas se digladiando por ideologias e escolhas distintas. Eu acredito que numa disputa como essa não existe o certo e o errado, cada um possui as suas convicções, os seus dogmas, a sua experiência de vida e não cabe julgar a opinião das outras pessoas, sejam elas suas amigas ou não. Em determinados momentos ficou uma discussão entre as posições políticas de direita x esquerda, entre “coxinhas x petralhas”, discussões nada saudáveis, pois havia radicalismos em ambos os lados, pessoas até perderam amigos nesses embates, algo sem nenhum sentido.

Recentemente tivemos duas grandes manifestações por todo o Brasil em apoio e também contrário ao governo atual, fato importante para a nossa democracia e que mostra parte da população satisfeita com o resultado das eleições, mas querendo algumas mudanças e outra parte totalmente insatisfeita, cobrando também mudanças e até o impeachment da presidenta. Como em toda manifestação houve excessos, xingamentos desnecessários, brigas entre adversários políticos e até mesmo pessoas querendo a volta do regime militar, algo totalmente desprezível.

Eu acredito sinceramente que independente de ter vencido A ou B, o brasileiro precisa cobrar dos seus comandantes uma administração honesta, coerente, responsável e acima de tudo priorizando as políticas sociais e as reformas necessárias para que o país continue o seu desenvolvimento e crescimento como nação emergente. Há muita coisa para se fazer, muita coisa para se melhorar e para isto acontecer é necessária que cada pessoa também faça a sua parte, pois é muito cômodo cobrar dos governantes transparência e honestidade quando nós mesmos não somos honestos ou corretos em nossas vidas. O sujeito que não respeita as leis, que compra a carteira de motorista ou de estudante, que não é solidário com os idosos, com os pedestres nas ruas, que ocupa vaga exclusiva para deficientes em estacionamentos, que quer levar vantagem em tudo não são dignos de clamar por justiça e decência na política.

Se quisermos um futuro melhor para os nossos filhos e para a nossa população temos que nos tornar pessoas melhores também ou nenhum político seja de qual ideologia ou partido for nada poderá fazer para mudar e melhorar o nosso Brasil. A consciência e honestidade devem começar em nossas casas, em cada família brasileira, assim poderemos cobrar dignidade e soluções para o nosso país que precisa muito se reerguer e crescer.